05 outubro, 2006

A Revolta dos Pasteis de Nata... de Belém!

Começou hoje (ontem, já que estou a escrever isto no extremo do dia 5) a quarta série da Revolta dos Pasteis de Nata. Desta feita o tema foi, como seria de esperar, a República versus Monarquia. Sobre o tema do regime político, se não falar hoje, falarei amanhã, quando puder ver, acordado e de preferência bem disposto, os discursos dos ilustres senhores desta nossa dita républica.

Ora, a Revolta dos Pasteis de Nata começou por ser um talk-show, muito porreiro, muito bem sustentado, nada massudo. Depois começaram-lhe a acrescentar ideias... foram mais video clips, foram passatempos, não falarei do blog aqui, porque ainda estou a tentar acertar com o endereço do bicho. A partir da terceira série comecei a ter a sensação (confirmada agora, no início da quarta série) que aqueles tipos da produção devem mandar para o ar todo o tipo de alucinações que têm quando mandam abaixo um canhão (estou a falar de drogas leves, não de tráfico de armas).

Meus amigos... zzz... zzz... vejam lá se moderam o ritmo de introdução de ideias neste programa, senão qualquer dia ficam sem espaço para as piadas inteligentes do Luís Filipe Borges, ou para as palavras interessantes dos entrevistados...

E mais não digo hoje... amanhã casco na república e na monarquia.

4 comentários:

Carlos Azevedo disse...

Casque mais na monarquia, sff.

Carlos Azevedo disse...

Esqueça o que eu disse. Acabo de me lembrar que vivo numa república. E que os espanhóis, os holandeses, os dinamarqueses, os suecos e os norueguese vivem em monarquias. Esqueci alguém?

Carlos Azevedo disse...

Ups... Acabo de recordar a fuça do Duarte Pio... Ande lá, casque na monarquia. Com força!

Carlos Azevedo disse...

E um abraço!